TEXTO
TEXTO
+ -

Olá, seja bem vindo!

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Baixe o nosso app:

Palestras e oficinas de evento Extensionista destacam Direitos Humanos e Direção Defensiva

Programação também aconteceu em alusão ao “Maio Amarelo”, com a participação o pai do aluno que faleceu em acidente de trânsito

22/06/2022 às 13h31

As palestras e oficinas do evento Extensionista da Disciplina de Ciências Sociais, Direitos Humanos e Formação Profissional, com tem a orientação da Profa. Dra. Daniele Lima, trabalhou o tema: “Direitos Humanos e Direção Defensiva”. A iniciativa também aconteceu em alusão ao chamado “Maio Amarelo”, que se trata de um movimento com a intensão de chamar atenção da sociedade sobre o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.
Na edição teve ainda a participação, por vídeo conferência, do pai do falecido aluno do curso de Direito da Faculdade Cesmac do Sertão, Pedro Caetano, que apresentou o projeto de Lei Intitulado “Lei Pedro Caetano”.
O objetivo é justificar o alto número de acidentes de trânsito causados por motoristas embriagados. Um fato que contribuiu para a proposta foi o acidente que teve como vítima o jovem Pedro Caetano, falecido após uma colisão na BR-316. O motorista do outro veículo estava embriagado. Pedro faleceu após mais de 30 dias internado.
O Movimento
Maio Amarelo nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas. (Fonte: maioamarelo.com)