TEXTO
TEXTO
+ -

Olá, seja bem vindo!

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Baixe o nosso app:

Cesmac Sertão celebra os 110 anos do Padre Teófanes

Faculdade Cesmac do Sertão faz questão de destacar a importância do religioso para a Instituição

03/08/2022 às 13h32

Com plenitude de reconhecimento sobre a importante contribuição do Padre Teófanes Augusto de Barros, o grande fundador do Cesmac, que é mantido pela Fundação Educacional Jayme de Altavila (FEJAL), a Faculdade Cesmac do Sertão faz questão de registrar a passagem dos 110 anos do religioso, considerado também grande educador, data ocorrida no último mês, precisamente em 13 de julho.
A trajetória do saudoso Padre é marcada pela atuação em diversas frentes, como: membro da Academia Alagoana de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico do Estado, um dos fundadores   da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e da Faculdade de Filosofia em Alagoas. Nascido em 13 de julho de 1912, no município de São José da Laje, o educador também deixou a marca na criação de alguns sindicatos da educação, sem falar na fundação de mais de 70 escolas públicas em diversos municípios.
O filho de Teófilo de Araújo Barros e Otília de Souza Barbosa, foi ainda músico, poeta, filósofo, professor e escritor. Após concluir os cursos de Humanidade, Filosofia e Teologia em Maceió, foi ordenado presbítero, no dia 5 de maio de 1934, na Catedral de Maceió pelo arcebispo Dom Santino Maria da Silva Coutinho. Celebrou a primeira missa no dia 8 de maio de 1935.Dedicou toda vida à educação, principalmente daqueles que não tinham condições financeiras de estudar na Capital.
No Cesmac, criou os cursos noturnos com o objetivo de dar a oportunidade de formação no ensino superior para quem trabalhava durante todo o dia. A Faculdade Cesmac do Sertão entrou nesse contexto para ampliar a oferta de formação superior também para os municípios de Alagoas, com estrutura própria, docentes qualificados, além de inovação e tecnologia constantes, fortalecendo a educação em Alagoas.