Aguarde. Carregando informações.
CESMAC ONLINE

Para acessar a área do aluno, utilize sua matrícula e senha nos campos abaixo e clique em acessar.

Esqueceu a senha? Clique aqui.

II WAMAI movimenta tarde na Faculdade CESMAC do Sertão

Cerca de oitenta trabalhos serão apresentados em formato de Banner

Cerca de 80 trabalhos serão apresentados até amanhã, 12, no II Workshop Acadêmico Multidisciplinar Afro e Indígena – WAMAI. A realização é do Núcleo Acadêmico Afro e Indígena – NAFRI, coordenado pelo Prof. Dr. Jorge Vieira, que desenvolve trabalhos com os cursos da Faculdade CESMAC do Sertão, em Palmeira dos índios.
Os estudos estão sendo apresentados em formato de Banner e envolvem os cursos de Direito, Administração e Enfermagem. O objetivo do evento é promover o desenvolvimento da temática Indígena no ambiente acadêmico e ampliar o debate sobre a temática.
Trabalhos o da equipe integrada pela estudante do curso de Direito Nathália Galindo, que traz o tema: “A Religião Xucuru-Kariri e as religiões cristãs frente à liberdade de manifestação religiosa: Uma análise constitucional”. Segundo Nathália esse processo é de suma importância para formação e disseminação do tema. “O estudo teve como base vários livros e mostra como as religiões externas interferem com a liberdade de expressão, de religião e outras questões na realidade do Povo Xucuru-Kariri”, afirmou.
Outro trabalho traz o tema: “Desigualdade Racial no Mercado de Trabalho Brasileiro”, que de acordo com os pesquisadores constata a desigual divisão do trabalho. De acordo com o estudante do curso de Enfermagem Elyeson Joagson, “a pesquisa apresenta um entendimento sobre a desigualdade no Brasil. O trabalho nominou o processo como uma sociedade doente, por isso trata de patologia social, constatando que 60% de negros e pardos estão desempregados no país”, explicou.
O Núcleo de Robótica também teve participação ativa na programação da tarde com apresentação dos óculos de realidade virtual e os drones resultados de pesquisas dos estudantes, possibilitando a experiência de alunos e professores com os equipamentos.
Outra participação importante foi do grupo de egressos, que já atua na 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Palmeira dos Índios, presidida por Marcos Ribeiro, “a interação da academia com a OAB é de suma importância para a formação dos profissionais, pois aproxima a Faculdade ao órgão e mostra quanto os estudantes estão sendo bem preparados para a atuação na sua área”.
Igor Viturino da Silva, integrante da Comissão da Jovem Advocacia da 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil e egresso do curso de Direito, destaca que, “a participação em evento desse porte é um reconhecimento da Instituição ao seu trabalho. Além disso, os temas trabalhados são de extrema relevância para a sociedade”.
 O também egresso da Faculdade, Ivan Tenório afirma, “O evento é parte importante e necessária para fomentar as pesquisas nessa área, ainda mais na cidade de Palmeira de Índios, marcada por conflitos territoriais”, concluiu.
II WAMAI
A abertura oficial acontece na noite de hoje, 11, no auditório da Faculdade CESMAC do Sertão com apresentações da Cultura Indígena e uma série de palestras.